Prefeitura Municipal de Dores de Guanhães

PREFEITURA MUNICIPAL DE

DORES DE GUANHÃES

O MUNICÍPIO DE DORES DE GUANHÃES REALIZA A PAVIMENTAÇÃO DE RUAS, CONSTRUÇÃO E REFORMA DE PONTES E CASAS, CONSTRUÇÃO DE FOSSAS SÉPTICAS E PINTURA DAS ESCOLAS COM PEQUENAS REFORMAS.

O MUNICÍPIO DE DORES DE GUANHÃES REALIZA A PAVIMENTAÇÃO DE RUAS, CONSTRUÇÃO E REFORMA DE PONTES E CASAS, CONSTRUÇÃO DE FOSSAS SÉPTICAS E PINTURA DAS ESCOLAS COM PEQUENAS REFORMAS.

CALÇAMENTO
Algumas ruas em distritos e comunidades ainda não possuem calçamento, o que gera dificuldades para a população e para os veículos circularem, especialmente em dias chuvosos. Para dar melhores condições de trafegabilidade, acesso, conforto e comodidade à população Dorense, a Administração Municipal segue recapeando, abrindo e calçando diversas ruas no Município. “Estamos realizando o calçamento para facilitar a movimentação das pessoas e veículos. Queremos com essas obras, melhorar a qualidade de vida da população, valorizar e embelezar mais o nosso Município.” Afirmou o Secretário Municipal de Obras, Valdemar dos Reis. Já foram calçadas várias ruas, e apesar do momento adverso, com falta de repasses dos Governos Estadual e Federal e da crise econômica, a administração segue trabalhando, proporcionando melhor qualidade de vida, emprego e renda à população.
A pavimentação das vias é sempre uma demanda dos moradores, que reclamam das condições precárias de tráfego e dos transtornos provocados por poeira e lama.
A segunda etapa de construção do calçamento do distrito Areias está em fase final já. No Distrito de Vila Esperança, as obras de calçamento da Rua Nova e Novo Cruzeiro terão início dentro de, aproximadamente um mês, pois, os bloquetes já estão sendo fabricados. Após a pavimentação das citadas comunidades, serão iniciadas a sinalização, realizando as passagens elevadas para reduzir a velocidade dos veículos. Já pavimentação do alto da Comunidade da Cabeceira da Vila/Córrego do Cruzeiro já encontra concluída.
A obra de calçamento do Distrito de Areias (Ruas Alcides Samora, Maria Samora e Rua Principal MG232) e Vila Esperança (Rua Nova e Rua Novo Cruzeiro), está orçada em R$249.768,87 (duzentos e quarenta e nove mil, setecentos e sessenta e oito reais e oitenta e sete centavos) e tem previsão de conclusão para 30/09/2020.
O Prefeito Sr. João Eber Barreto Noman ressaltou que todas as obras estão sendo realizadas com materiais de qualidade e por bons profissionais. “Dinheiro público é para ser investido em prol do povo e é isso que estamos fazendo, realizando sonhos e estabelecendo prioridades.” Completou.
Como as obras acabam por trazerem alguns transtornos na trafegabilidade, a Administração solicita a compreensão dos moradores das regiões atendidas, bem como, uma atenção redobrada dos usuários que trafegam naqueles locais. Além das tradicionais obras de limpeza, que são executadas diariamente em regiões da sede e do Município, várias outras atividades vem sendo desempenhadas ao longo da administração, como revitalização de praças e instalação de canaletas de concreto, que visam reduzir os transtornos com o escoamento da água da chuva.
Para a moradora Lívea Alves Paixão, 18 anos, comerciante, o atendimento dessa antiga reinvindicação veio para melhorar a vida da população de Areias. “Antes as ruas eram cheias de buraco e poeira no calor, em tempos de chuvas ficavam intransitáveis, muita lama e inundações. Hoje com o atendimento da nossa reivindicação, com a construção do calçamento, até nossa saúde melhorou, as casas ficam limpas, o comércio fica mais higiênico sem poeiras. Melhorou em tudo”. Afirma Lívea Alves.

Lívea Alves e Valdemar Reis (Sec de Obras)

Comunidade de Areias

Comunidade de Cabeceira Vila/Córrego do Engenho

 

CONSTRUÇÃO E REFORMA DE PONTES

Mais um anseio antigo da população é atendido nas Comunidades rurais e distritos. Está sendo construída mais uma etapa de pontes: Duas no distrito de Vila Esperança, três na Comunidade Quilombola do Berto, duas na Comunidade Quilombola da Bocaina, uma na Comunidade da Barra da Vila Esperança. São obras que irão contribuir para a melhoria da qualidade de vida das pessoas.

Distrito Vila Esperança

Buraco, lama e inundações, quem antes passava pelas pinguelas e passagens secundárias em Vila Esperança, Berto, Bocaina e Barra da Vila, encontrava esse cenário. Mas o Município de Dores de Guanhães está proporcionando mudanças para os moradores e visitantes da região, isso porque, no ano de 2019, foram iniciadas as obras de infraestrutura no local. “Neste momento, estão em andamento os serviços de construção de várias pontes, nos quatro cantos do Município, sejam elas de concreto armado ou de madeira, e até o meio do ano, pretendemos concluir todas as demandas pendentes”. Afirma o Secretário de Obras, Sr. Valdemar Reis.

Continuando as melhorias, as vias rurais de todo o Município receberam manutenção com patrolamento e encascalhamento, a ideia é que os moradores possam se locomover com mais segurança e facilidade.

Débora Rabelo Andrade, 30 anos, casada, moradora da Vila Esperança, fala sobre os benefícios que a construção da ponte trouxe àquela comunidade: “Antes da construção da ponte, essa área inundava muito com as chuvas, ficava intransitável, um brejo mesmo. Como a rede de esgoto misturava a lama, era impossível passar carros e pessoas, nós moradores ficávamos ilhados mesmo. Com a construção da ponte esses problemas acabaram, graças a Deus a rua e as casas estão mais limpas, o córrego tem escoamento, a rua mais larga comporta o encontro de dois veículos, até nossa saúde melhorou. Mas ainda estamos aguardando a administração atender outras reivindicações: calçamento e melhorias no esporte. Aproveito essa oportunidade para cobrar do Sr. Prefeito e do departamento de obras, que tenham um olhar mais urgente referente a Vila Esperança”. Declara Débora Rabelo Andrade.

Vila Esperança

Geraldo Batista dos Santos, 69 anos, casado, morador da Comunidade Barra da Vila, afirma que já havia até desistido dessa obra: “Nem tava esperando mais a construção dessa ponte, quando Valdemar Secretário de Obras chegou aqui medindo. Já havia desistido, mas graças a Deus, demorou anos, mas veio o benefício. Aqui tinha uma pinguela, nunca havia entrado carro e quando chovia, nem gente entrava. Com a ponte melhorou demais, 100% nossa vida. O Prefeito cumpriu o prometido”. Afirma Geraldo Batista dos Santos.

Barra da Vila Esperança

Geraldo Batista dos Santos e Valdemar dos Reis (Sec de Obras)

 

Geralda das Dores de Pinho, 63 anos, casada, 07 filhos, moradora da Comunidade Quilombola da Bocaina, explica como era a situação ali. “Antes era um sacrifício essa passagem, em épocas de chuva, muita lama, um atoleiro, hoje melhorou muito, carro sobe até a minha porta e acabou as inundações”. Declara Dona Geralda das Dores.

Comunidade Quilombola da Bocaina

Valdivino Teixeira Chaves, 57 anos, casado, pai de 06 filhos, morador da Comunidade Quilombola do Berto, afirma que antes da construção da ponte existia uma pinguela. “Antes quando chovia, a gente nem conseguia sair de casa, virava tudo brejo, sem condições de passar. Hoje passa até carro, graças a Deus”. Completa Valdivino Teixeira Chaves.

Comunidade Quilombola do Berto

Valdivino Teixeira Chaves e família e Valdemar dos Reis (Sec de Obras)

 

 

 

Fechar Menu